Blog: Actualis
Você está vendo a Turma 2007 - Ver outros anos

Actualis Blog: Actualis
Amanda (B-1), Caroline (B-9)
Felipe (B-13), Lucas (B-23)

Infra-strutura
Por Actualis - quinta, 08 de novembro de 2007, às 01:35:04
Categoria: Postagem Obrigatória

Popularidade de Bush é a pior da história recente dos EUA

on error resume next ShockMode = (IsObject(CreateObject("ShockwaveFlash.ShockwaveFlash.6"))) if ( ShockMode
Lido 2549 vezes   Comentários (1)
 
 
Charge
Por Actualis - quarta, 31 de outubro de 2007, às 00:17:04
Categoria: Postagem Obrigatória

Charge
Lido 2569 vezes   Comentários (0)
 
 
Infra-estrutura
Por Actualis - terça, 23 de outubro de 2007, às 00:59:24
Categoria: Postagem Obrigatória

Comentário: A solução dos problemas de infra-estrutura é condição necessária para a melhoria do bem estar da população, permitindo que todos tenham acesso a serviços básicos como a eletricidade, comunicações, transportes urbanos e saneamento. Ao mesmo tempo a ampliação da infra-estrutura promove a redução de custos, aumento da produtividade, aprimoramento da qualidade dos bens e serviços da estrutura produtiva e consolidação da integração regional.

Investimentos em geral são de extrema importançia para melhores condições não só do estado, más de um país . O Northeast Brazil Leadership Forum - Brazil`s Infraestructure `HotSpot` (1.º Fórum de Lideranças do Nordeste do Brasil) reunirá lideranças de diversos setores das infra-estrutura nacional e internacional em busca da viabilização de recursos para projetos. Dentre os quais, no Ceará, o parque eólico de São Gonçalo do Amarante, da linha leste do metrô de Fortaleza que liga o terminal da estação engenheiro João Tomé ao bairro do Mucuripe. Outros estados também apresentarão planos para investimentos que promove a viabilização de melhores projetos e oportunidades de negócios para o Nordeste brasileiro. Dentre estes projetos seguem o óleo e gás, transporte, eletricidade e logística, saneamento e turismo.

É importante também, ressaltar obras civis realizadas pela secretaria Estadual de Infra-estrutura, como a reforma do hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, onde foi investido em torno de 5 milhões de reais para a melhoria das UTI, a criação do centro de tratamento para queimados, substituições das instalações prediais , ampliação da subestação de energia, implantação da rede de lógica, compra de novas louças e metais sanitário, forramento especial das salas de cirurgia, entre outros.

Não pode deixar de citar companhias de saneamento basico responsável por grande parte da saúde populacional do país como: a Sabesp, Cedae, copasa, sanepar, caesb e outras. Todas estas feitorias são em prol de uma nação mais saudável e pronta para agradecer ao estado investimentos como estes que proporcionam melhores condiçoes de vida para todos.

Fonte: cbie.com.br / seinfra.gov.br/ bndes.gov.b

Data: 22/05/2007


Lido 2587 vezes   Comentários (0)
 
 
Preocupações do século XXI
Por Actualis - sábado, 13 de outubro de 2007, às 15:16:22
Categoria: Postagem Obrigatória

Umas das principais preocupações do século XXI : Fome, água, meio-ambiente e guerras, assuntos que estão nas pautas de discussões dos governantes mundiais.

Comentário :

Recurso sustentável

Uma das maiores indagações da humanidade é sobre se haverá água potável suficiente para todo mundo num futuro bem próximo. Tal como faz com o ar, onde são jogadas toneladas de elementos tóxicos e agressivos na atmosfera, o homem mata os rios e as nascentes de água, contaminando-os às vezes de modo irreversível.

Fome

O que é fome? Alguns simplesmente diriam que é a ausência ou escassez de alimentos – uma das definições dos dicionários dizem que fome é grande apetite; urgência de alimento ou situação de míngua ou escassez de víveres. Hoje pode se dizer que a fome é endêmica e em todos os paises de regiões do mundo existem pessoas famintas, porém, em alguns destes países encontram muito mais dificuldade para alimentar a sua população.

 Guerras

Literalmente esta é a situação de Israel, que vive sendo agredido e em permanente tensão com os seus vizinhos e inimigos que querem o seu extermínio total. Um destes muitos inimigos é o Irã. Não só la, mas em todo mundo quando há guerras, existe um jogo letal, explosivo e perigoso cheio de idas e vindas, de onde não se sabe onde vai ser o próximo atentado ou onde vai cair o míssil, ou quantas pessoas inocentes irão morrer.

Meio ambiente

A comunidade cientifica mundial tem voltado os seus olhos para a Antártida, pois é lá – que as transformações climáticas e ambientais acontecem primeiro. Muitos conheçem os efeitos porém não tomam atitudes. Meterologistas e geólogos afirmam que Há regiões onde a temperatura aumentou, como na Península Antártica onde a elevação térmica foi de 2,5 graus Celsius nos últimos cinqüenta anos. No interior, a temperatura caiu 1 grau nos últimos quinze anos. Cientistas afirmam que essas variações térmicas são regionais e não continentais decorrentes do efeito estufa.

Fonte: Refletir.com

 Data: 13/10/2007 - 13:15


Lido 2604 vezes   Comentários (0)
 
 
Preocupação com o clima
Por Amanda (B-1) - segunda, 01 de outubro de 2007, às 01:43:37
Categoria: Postagem Livre

Preocupação com clima e poluição abre procura por técnicos.

LIA VASCONCELOS
RENATA DE GÁSPARI VALDEJÃO
Colaboração para a
Folha de S.Paulo


As empresas que estão focadas em questões essencialmente ambientais buscam gestores especializados e com contornos mais técnicos.

Algumas se preocupam com isso há algum tempo. É o caso de muitas indústrias que já tinham estrutura para fazer frente aos problemas que geravam -os passivos ambientais.

Carlos Rossin, especialista em sustentabilidade da PricewaterhouseCoopers, calcula que a indústria brasileira gaste mais de R$ 400 milhões por ano com esses passivos.

Nesse campo, há espaços interessantes para profissionais com formação em engenharia e especialização em tecnologia de controle de poluição, segundo Alcir Vilela Júnior, professor do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

Profissionais com formação técnica -de preferência em engenharia ou relacionada a química e biologia- são os ideais para ajudar a empresa a lidar com temas mais complexos.

São questões relacionadas a condições climáticas, ao Protocolo de Kyoto, a permissões máximas para emissão de gases e sobre como funcionam os ciclos das substâncias no ecossistema --para saber que impactos os produtos geram no ambiente durante sua produção.

Para Rossin, esse perfil técnico deve ser complementado com uma visão mais administrativa ou econômica.

Na Natura, por exemplo, um dos projetos sustentáveis, o Carbono Neutro -que mapeia os gases emitidos pela companhia, prioriza sua redução e compensa o que não for possível reduzir-, conta com uma equipe bastante técnica.

Nela estão reunidos dois engenheiros químicos, um engenheiro agrônomo, uma engenheira de alimentos e uma bióloga, todos com alguma especialização em tecnologia de impacto e gestão ambiental ou em sustentabilidade.

Segundo Claudia Falcão, diretora de pessoas e organização da Natura, ações de sustentabilidade estão "polvilhadas" pela empresa, assim como os profissionais especializados nelas.

Eles se envolvem em projetos como os de eficiência energética, análise de impacto ambiental de toda a cadeia de produção e relacionamento com as comunidades extrativistas dos ativos usados nos produtos.

Currículo multifacetado

Perfil eclético é o maior trunfo para aproveitar oportunidades ligadas ao realinhamento socioambiental das empresas.

O segredo é compor a formação em um arranjo multifacetado, adicionando ao currículo uma pós-graduação ligada a temas ambientais --um mestrado ou um MBA em gestão ambiental, por exemplo.

As empresas buscam gestores que se especializem para entender a parte técnica de temas ligados à sustentabilidade.

Segundo Luiz Augusto Barcellos Almeida, superintendente de coordenação ambiental e de qualidade da Cemig, procuram-se profissionais com bom conhecimento da área financeira, de responsabilidade social e de sustentabilidade. Ele valoriza os que façam a interação entre sua área e os departamentos de RH e financeiro.

data:30/09/2007 - 10h04


Lido 2624 vezes   Comentários (0)
 
 
  Próxima Página >>