Blog: Geogostin
Você está vendo a Turma 2010 - Ver outros anos

Geogostin Blog: Geogostin
Rafael (B-21), Lara (B-11)
Jairo (B-13), Paulo (B-18), Paulo (B-19)

No Geogostin você encontrará a perfeita interação entre cultura e diversão associados a temas geográficos! Fiquem de olho e sempre comentem! Muito obrigado =D

Por: Equipe Geogostin!

Mizael fala em ameaça do MP e diz que investigará assassino
Por Lara (B-11) - quinta, 21 de outubro de 2010, às 20:40:34
Categoria: Postagem Livre
O ex-policial e advogado Mizael Bispo de Souza, suspeito do assassinato de a também advogada Mércia Nakashima, sua ex-namorada, afirmou nesta quinta-feira, em audiência em Guarulhos (SP), que vai começar investigações paralelas para descobrir quem matou Mércia. Mizael disse também que, logo após o desaparecimento da advogada, em 23 de maio deste ano, recebeu ameaças por telefone do Ministério Público (MP). O depoimento durou duas horas. "Quem matou Mércia deveria pagar com a mesma moeda. Na segunda-feira, vão começar as minhas investigações e vou desmascarar muita gente", disse. A declaração gerou um mal-estar entre o advogado de Mizael, Samir Haddad Júnior, e os promotores, que questionaram se a fala era uma ameaça. O defensor negou, mas disse que ele e seu cliente vão descobrir o "verdadeiro culpado". Sobre os diversos celulares que tinha, Mizael afirmou que era para "aproveitar promoções e economizar créditos". O aparelho utilizado por ele no dia do crime, segundo a investigação, estava no nome de outra pessoa. Sobre isso, ele afirmou que foi Mércia quem pediu para que ele comprasse o aparelho. Na loja, conforme Mizael, o vendedor avisou que o chip já estava cadastrado em nome de outra pessoa, mas o ex-policial disse que resolveu comprar assim mesmo. Questionado sobre o motivo para deixar de usar o aparelho após o desaparecimento da ex-namorada, Mizael respondeu que estava recebendo trotes. "Me livrei porque comecei a receber trotes e ameaças, inclusive do MP". O promotor Rodrigo Merli Antunes disse que ligou para Mizael, mas negou ter feito ameaças. "Ameaças? Pelo amor, senhor Mizael (...) Daqui a pouco eu que vou preso e você fica solto", afirmou. Mizael disse ainda ser vítima de uma "armadilha" para colocá-lo na "fogueira". Perguntado pelo juiz, ele disse desconhecer quem poderia ter assassinado sua ex-namorada e o colocado como principal suspeito. "Gostaria e vou ver a pessoa que matou Mércia atrás das grades", afirmou. Sobre seu relacionamento com a ex-namorada, ele disse ser "bom e respeitoso" e que, apesar de estarem separados, eles se encontravam de tempos em tempos, "sem compromisso", desde o dia 17 de setembro de 2009. Além disso, segundo ele, na madrugada do dia 23 de maio, os dois se encontraram para ver um filme e jantar. Estacionamento com "acompanhante" Mizael afirmou que, no dia do crime, esteve com uma mulher no estacionamento de um hospital por cerca de uma hora e meia, mas, como o rastreador de seu carro apontou uma parada de três horas, ele afirmou não saber ao certo quanto tempo ficou no local. Ele afirmou também não saber se a mulher é uma prostituta ou não. O suspeito disse ao juiz que a mulher se chama Ariana ou Ariane e é morena clara, com cabelos pretos e olhos castanhos. Mizael afirmou que percorreu diversas ruas para encontrar uma "acompanhante" e que Ariana ou Ariane estava parada em uma calçada. Ele disse que buzinou e que ela sorriu. Mizael então teria feito uma volta no quarteirão, encostado o carro ao lado da mulher e perguntado se ela estava trabalhando no local. A suposta garota de programa teria respondido que não, mas que os dois podiam conversar. Segundo Mizael, a "conversa" durou cinco segundos até ela entrar no carro. "Eu atiro muito bem", diz Mizael Indagado se costumava praticar tiro, o suspeito respondeu que sim. "Eu atiro muito bem, mesmo com um problema", disse, se referindo a um dano na mão direito após um choque elétrico e que o fez ser reformado da Polícia Militar. De acordo com a perícia no corpo de Mércia, ela levou um tiro de raspão no queixo. Sobre as bitucas de cigarro encontradas no carro de Mércia, nas águas de uma represa em Nazaré Paulista, Mizael disse que não é fumante. "Nunca fumei na vida e estou disposto a exames", afirmou. Em relação a uma outra evidência colhida na investigação, no sapato de Mizael, - uma alga que seria da região da represa onde o corpo foi encontrado - , Mizael afirmou que não usa sapato no final de semana, apenas jeans e tênis. O desaparecimento de Mércia aconteceu em um domingo. Ele afirmou também que não conhece a represa em Nazaré Paulista e que esteve apenas uma vez na cidade, em data não informada, para ir até um matadouro de bois com Mércia, porque seu irmão havia insistido. Em relação ao suspeito de ajudá-lo no crime, Evandro Bezzerra Silva, Mizael disse que tentou ligar para ele várias vezes no dia 23 de maio, mas que só conseguiu em cerca de três tentativas. Na tarde de hoje, cerca de 50 pessoas se reuniram em frente ao Fórum para protestar contra o crime. Com cartazes e camisetas com fotos de Mércia, eles gritavam "assassino" e "cadeia para Mizael". Por volta das 16h, começou o depoimento de Evandro. O caso A advogada Mércia Nakashima, 28 anos, desapareceu no dia 23 de maio e foi encontrada morta no dia 11 de junho em Nazaré Paulista, no interior de São Paulo. Ela teria sido assassinada pelo ex-namorado e policial aposentado, Mizael Bispo de Souza, que não aceitaria o fim do relacionamento. Rastreamento de chamadas telefônicas feito pela polícia com autorização da Justiça colocariam os dois na cena do crime, de acordo com as investigações. Mizael e o vigia Evandro Bezzerra Silva são considerados pela Polícia Civil os principais suspeitos do crime. Eles negam as acusações. Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4747172-EI5030,00-Mizael+se+diz+ameacado+pelo+MP+e+que+achara+assassino+de+Mercia.html
Lido 444 vezes   Comentários (0)
 
 
Brasil tem custo mais caro de dados móveis entre países pobres
Por Paulo (B-18) - sexta, 15 de outubro de 2010, às 13:13:51
Categoria: Postagem Livre

Preço médio do pacote de dados mensal passa dos US$ 120.
Média mundial é de US$ 46,54.

O custo de pacotes de dados para celular no Brasil é o mais caro entre os países em desenvolvimento, segundo mostra um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU), com informações compiladas pela Nokia Siemens.

De acordo com o levantamento, que cita dados de 2009, apenas no Brasil e no Zimbábue o preço médio do pacote de dados mensal passa dos US$ 120, o que deixa o país atrás de nações como Congo, Haiti e Bangladesh, país que tem o menor custo entre 78 listados no relatório. A média do preço mundial é de US$ 46,54 dólares.

O relatório da UNCTAD (Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento) chegou ao preço médio considerando o custo total de propriedade de um pacote de tráfego de
2,1 MB de dados por mês.

"Existe uma grande variação, com alguns países oferecendo por menos de US$ 20 por mês e outros por mais de US$ 100", afirma o documento.

Os números fazem parte de um estudo global sobre como o uso de tecnologia da informação pode contribuir no combate a pobreza no mundo. Segundo a UNCTAD, as autoridades nos países em desenvolvimento deveriam dar mais importância ao setor de tecnologia da informação e comunicação na estratégia de redução da pobreza.

A entidade aponta que mais benefícios podem ser colhidos se for estimulada a criação de empresas de pequena escala com ajuda do governo.

"Micro empresas estão crescendo rapidamente em países de baixa renda e podem oferecer emprego de valor real à população com menos recursos e educação. Essas atividades incluem uso de aparelhos e reparos, manutenção de computadores pessoais e gerenciamento de lan-houses", explica o estudo.

Contudo, a organização lembra que poucos países em desenvolvimento estão envolvidos na fabricação e criação de serviços para a área. "As exportações de bens de tecnologia estão geograficamente muito concentradas. Na China, de longe o maior exportador do ramo, houve contribuição significativa da produção para a renda dos mais pobres".

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2010/10/brasil-tem-custo-mais-caro-de-dados-moveis-entre-paises-pobres-1.html

Lido 451 vezes   Comentários (0)
 
 
Irmãos de cores diferentes não surpreendem cientistas
Por Lara (B-11) - quarta, 13 de outubro de 2010, às 21:14:36
Categoria: Postagem Livre

Casos como o das irmãs britânicas Sonia Brown e Sharon Harris, que ganharam as páginas dos jornais nesta semana porque tiveram filhos de cores e aparência física diferentes, não surpreendem os cientistas.As irmãs, que são mestiças, têm, cada uma, duas crianças: uma de pele morena e cabelos e olhos escuros, outra, loira de olhos azuis. Fotos da família miscigenada estamparam diversos jornais britânicos esta semana, mas para o professor de Genética da Universidade de Leicester Mark Jobling, isso é algo previsível. "Em uma família de fenótipo (características físicas, morfológicas e fisiológicas) misto como esta, há múltiplas combinações possíveis. É como embaralhar as cartas de um baralho", explicou ele à BBC Brasil. Tanto Sharon Harris como a irmã Sonia Brown se casaram com homens brancos e acabaram com crianças completamente diferentes uma da outra. Segundo o geneticista, Sharon e Sonia tem tanto genes de pele clara como de pele escura, já que são fruto de uma relação multirracial. As crianças brancas herdaram os genes de pele clara da mãe, enquanto as crianças pardas herdaram os genes de pele negra maternos. "Sabemos que há cerca de 12 genes que definem a cor da pele e alguns deles também têm influência sobre a cor dos cabelos e dos olhos. É a combinação desses genes herdados do pai e da mãe que vai definir a aparência dos filhos.", falou Jobling. "De vez em quando, teremos combinações genéticas incomuns que vão gerar crianças muito brancas ou de pele muito escura", completou. Polêmica Tanto Sonia como Sharon se casaram com homens brancos. Os filhos de Sonia, Cameron e Kyle, de cinco anos, são gêmeos e já começaram a causar polêmica na hora do nascimento. "Eu fiquei chocada quando os meninos nasceram. Cameron (o menino moreno) saiu primeiro e logo depois vimos umas perninhas e um bumbum brancos. Eu pensei: 'o que aconteceu?'", disse Sonia. "As pessoas não percebem que eles são gêmeos inicialmente e, apesar de eles não serem idênticos, quando eu digo que eles são gêmeos, eles veem as semelhanças", completou. Sharon diz que as suas filhas, Paige, 7 anos, e Kayleigh, 5 anos, também geram reações engraçadas na rua. "As pessoas nunca acham que elas são irmãs, assumem que são amigas. Quando descobrem, ficam surpresas por elas serem tão diferentes, mas não posso culpá-las. Eu também levei um susto quando a Kayleigh nasceu tão clarinha. Você sempre acha que seus filhos vão ser parecidos", disse ela à BBC. Mas as diferenças na aparência nem sempre se refletem na carga genética. "Muito provavelmente, se formos estudar o DNA da menina loura (Kayleigh), vamos encontrar marcadores vindos da África. Então, geneticamente, as crianças podem ser muito parecidas. A diferença está nas características que se manifestaram em cada uma delas", diz o dr. Juan Lerena, médico geneticista do Instituto Fernandes Figueira, Fiocruz, no Rio de Janeiro. Apesar da pouca idade, as crianças já demonstraram curiosidade sobre as diferenças físicas entre eles. "As meninas às vezes perguntam por que uma delas tem pele escura e a outra, clara. Eu respondo que a Paige parece comigo e a Kayleigh parece com o pai", disse Sharon. "A definição destas características físicas acontece em uma espécie de loteria", diz o professor Mark Jobling. Gêmeas em dose dupla No caso de Dean Durrant e Alison Spooner, a loteria veio em dose dupla.> Em 2001, eles tiveram as gêmeas Lauren e Hayleigh. Uma puxou os olhos azuis e cabelos ruivos da mãe, a outra se parece com o pai, que tem origem caribenha. Em 2008, Alison engravidou de gêmeas novamente e, quando as bebês Miya e Leah nasceram, eles não podiam acreditar no que viam. Myia nasceu com a pele escura do pai e Leah, branca como a mãe. "Não acreditávamos que isso fosse possível quando tivemos Lauren e Hayleigh. Nem passou pelas nossas mentes que pudesse acontecer de novo. Mas estamos muito felizes que tenha acontecido", disse Dean Durrant, na época. Escola Um outro par de gêmeas que criou polêmica ao nascer, começou a ir para a escola este ano e voltaram a aparecer nos jornais britânicos. Marcia e Millie Biggs eram quase idênticas quando vieram ao mundo, em 2006, mas a diferença entre elas logo ficou aparente. Marcia tem cabelos claros e olhos azuis, como a mãe, e Millie tem cachos negros e pele escura, como o pai. Segundo os cientistas, é possível que casos como estes sejam mais comuns em países como a Grã-Bretanha, que tem uma miscigenação mais recente. Em países como o Brasil, também há irmãos com cor de pele diferentes, mas as variações na aparência tendem a não ser tão radicais. "Um dos principais genes na definição de cor de pele é o MC1R. Na população de origem africana, ele funciona perfeitamente, já que a pele escura era altamente vantajosa naquele continente. Nos europeus, o gene é defeituoso e gera a pele clara, mais apropriada para o clima na Europa", explica Jobling. "Mas ainda não entendemos completamente como as combinações destes traços complexos acontecem. É um estudo que está em andamento." Fonte:http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI4723805-EI238,00-Irmaos+de+cores+diferentes+nao+surpreendem+cientistas.html
Lido 454 vezes   Comentários (0)
 
 
Perfuradora deve chegar a mineiros presos no Chile dentro de 24 horas
Por Paulo (B-18) - sexta, 08 de outubro de 2010, às 16:09:13
Categoria: Postagem Livre

Retirada de trabalhadores soterrados pode começar terça, afirma governo.
Eles estão isolados desde 5 de agosto em mina em Copiapó, norte do país.

O poço pelo qual serão içados os 33 mineiros presos em uma mina de cobre no Chile vai ser finalizado "dentro das próximas 24 horas", afirmou nesta sexta-feira (8) o ministro da Mineração chileno, Laurence Golborne.

Golborne disse que a perfuradora T-130, do plano B de resgate, está parada desde a manhã para uma troca de martelos, mas que deve recomeçar a trabalhar na Mina San José, próximo à cidade de Copiapó, no norte do país, nesta tarde.

O ministro afirmou que já foram cavados 584 metros dos 624 metros totais do poço da perfuradora.

Ele disse que a chegada da perfuradora pode ocorrer na noite de sexta ou na madrugada de sábado, mas não podia prever uma hora "porque essa não é uma ciência exata".

"O resgate deve se iniciar entre três e oito dias depois da perfuração, dependendo das decisões que forem tomadas sobre o encamisado", disse.

Ele se referia ao procedimento para revestir o poço com um tubo metálico, que ainda não se sabe se vai ser necessário ou não.

Segundo ele, os mineiros presos estão tranquilos, e ainda não foi definida a ordem que eles vão subir.

Eles estão em bom estado de saúde, apenas com alguns problemas dentais e de pele.

Nos últimos dias, os mineiros fizeram atividades físicas mais intensas. Eles devem ser submetidos a uma dieta de alimentos sólidos seis horas antes de subir.

Um médico e um mineiro serão os primeiros a descer, revezadamente, à mina. No máximo, vão descer três pessoas de cada vez.

Na quinta-feira, as equipes de resgate fizeram uma simulação cronometrada de como serão os trabalhos.

Terça-feira
Mais cedo, o ministro da Saúde, Jaime Mañalich, afirmou que os mineiros presos desde 5 de agosto deverão ser retirados a partir da terça-feira.

A saída dos mineiros será possível depois que finalizar - entre esta sexta e sábado- a perfuracão de um túnel de 624 m, por onde os mineiros serão içados um a um para a superfície.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/10/perfuradora-deve-chegar-mineiros-presos-no-chile-dentro-de-24-horas.html





Lido 460 vezes   Comentários (0)
 
 
Chuva alaga ruas em SP; região do Pacaembu tem falta de luz
Por Lara (B-11) - quinta, 07 de outubro de 2010, às 20:46:50
Categoria: Postagem Livre
chuva e queda de árvores deixam parte da região do Pacaembu, em São Paulo, sem luz às 16h10 desta quinta-feira. De acordo com a AES Eletropaulo, a energia elétrica foi restabelecida às 17h24 desta quinta-feira. Ainda de acordo com a AES Eletropaulo, estão sem energia a rua Goitacazes, praça Charles Miller, avenida Pacaembu e região. Alagamentos Há 4 pontos de alagamentos ativos na capital paulista, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências. Durante o dia, houve 13 pontos, o mais grave na avenida Alcântara Machado, com referência a avenida Álvaro Ramos, sentido centro/bairro, que começou às 17h51, terminou às 18h41 e deixou a pista intransitável. Os demais pontos de alagamento são transitáveis e se encontram na avenida Elísio Cordeiro Siqueira, sentido bairro/centro; dois pontos na Marginal Tietê, sentido Castelo Branco e na avenida Professor Luiz Ignácio Anhaia Melo, sentido Sapopemba. Fonte:http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4723289-EI306,00-Chuva+alaga+ruas+em+SP+regiao+do+Pacaembu+tem+falta+de+luz.html
Lido 463 vezes   Comentários (0)
 
 
  Próxima Página >>