Blog: Planetudo
Você está vendo a Turma 2012 - Ver outros anos

Planetudo Blog: Planetudo
Bruna (B-6), Karen (B-19)
Paula (B-28)

Lixeira vazia, políticos na rua.
Por Planetudo - quarta, 17 de outubro de 2012, às 18:02:33
Categoria: Postagem Obrigatória

.
Lido 668 vezes   Comentários (0)
 
 
Turquia obriga aterrissagem de avião armênio que seguia para Síria
Por Bruna (B-6) - segunda, 15 de outubro de 2012, às 14:54:04
Categoria: Postagem Livre

As autoridades turcas obrigaram nesta segunda-feira um avião armênio que seguia para a Síria a aterrissar no aeroporto de Erzurum, no leste do país, para realizar uma inspeção a fim de prevenir a entrada de armas no país vizinho.

Segundo o gabinete do vice-primeiro-ministro turco, Besir Atalay, a aeronave, que pousou por volta das 11h30 locais (5h30 em Brasília), foi liberada após a revista e segue viagem para Aleppo, no norte sírio.

Mais cedo, o Ministério das Relações Exteriores informou que a inspeção foi convocada para evitar o envio de equipamentos militares ao regime sírio. No entanto, a Chancelaria tinha a informação de que a aeronave levava ajuda humanitária ao país vizinho.

A aterrissagem do avião armênio acontece um dia depois do início da proibição a aeronaves sírias de voar em espaço aéreo turco. A medida foi tomada após a interceptação de um avião de passageiros que, segundo Ancara, levava armas para o regime sírio.

Na quarta (10), um Airbus A320 da Syrian Arab Airlines vindo de Moscou com 37 passageiros foi obrigado a pousar em Ancara após ser interceptado por dois caças F-16 da Força Aérea turca.

No dia seguinte, o primeiro-ministro da Turquia, Tayyip Erdogan, afirmou que o avião comercial carregava munição de fabricação russa destinada ao Ministério da Defesa da Síria, informação que não foi confirmada por Moscou e Damasco.

IRRITAÇÃO

O pouso não programado do avião causou irritação nos governos russo e sírio. Damasco chamou a ação de "pirataria aérea" e exigiu a carga de volta, enquanto a Rússia acusou os turcos de colocar a vida de seus cidadãos em risco.

A interceptação acontece em meio à troca de bombardeios entre sírios e turcos na região de fronteira entre os dois países, após um ataque vindo da Síria atingir uma casa na cidade de Akçakale, na Turquia, deixando cinco mortos no dia 3.

A ação aumentou a tensão entre os dois países e a oposição dos turcos ao regime de Bashar Assad, que enfrenta confrontos violentos com grupos armados de opositores desde março de 2011.

Devido à crise, a Turquia aumentou a retórica contra o ditador sírio, apesar de ter acolhido um grande número de refugiados desde o início dos confrontos.

De acordo com a Agência de Controle de Desastres turca, cerca de 100 mil sírios chegaram ao país nos últimos 19 meses.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mun...para-siria.shtml 15/10/2012 - 07h51


Lido 675 vezes   Comentários (0)
 
 
População brasileira atingirá pico em 2030, diz estudo do Ipea
Por Paula (B-28) - quinta, 11 de outubro de 2012, às 17:00:03
Categoria: Postagem Livre

11/10/2012 15h04 - Atualizado em 11/10/2012 16h02

A população brasileira atingirá seu tamanho máximo em 2030, com cerca de 208 milhões de habitantes, divulgou nesta quinta-feira (11), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em um levantamento feito com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizado em 2011 pelo centro.

Em 2030 também está previsto o maior número de cidadãos trabalhando no país – um contingente de 156 milhões.

Segundo o Ipea, até 2040 a população brasileira deve diminuir para 205,6 milhões, devido a redução da fecundidade, fazendo com que a mão de obra disponível também caia para 152 milhões.

A população brasileira registrou as mais elevadas taxas de crescimento entre 1950 e 1970, quando a taxa ficou em torno de 3% ao ano. A partir daí as taxas começaram a entrar em declínio, principalmente devido ao controle de natalidade a partir da década de 60. Estima-se para esta década uma taxa média de 0,7% ao ano; menos de um quarto da observada entre 1950-1970. A taxa estimada para 2011, de 1,7 filho por mulher, está bem abaixo da esperada para reposição, diz o Ipea.

O envelhecimento da população também irá alterar a proporção da população dos diversos grupos etários. Enquanto, em 1940 a população idosa representava 4,1% do total; subiu para 12,1% em 2011 - passando de 1,7 milhão em 1940 para 23,5 milhões. Enquanto isso, a população jovem caiu.

Fatores
Segundo o Ipea, a queda da mortalidade acompanhada pela queda na fecundidade interferem na dinâmica da população.  A partir de 2030, os únicos grupos populacionais que terão crescimento serão os com idades superior a 45 anos.

A participação do grupo jovem (15-29 anos) na população chegou ao limite em 2000 e deve cair muito a partir de 2030. Espera-se ainda que participação da população adulta (30-44 anos) permaneça estável, em termos percentuais, até 2040, mas que o seu contingente cresça em valores absolutos.

Fonte: G1.com


Lido 681 vezes   Comentários (0)
 
 
TSE deve liberar um terço dos candidatos ficha-suja
Por Planetudo - domingo, 07 de outubro de 2012, às 18:02:41
Categoria: Postagem Obrigatória

A recente decisão do Tribunal Superior Eleitoral que não considera ficha suja o político com contas rejeitadas apenas pelos tribunais de contas pode livrar cerca de um terço dos candidatos a prefeito barrados até agora pela Justiça.

Segundo levantamento da Folha, dos 477 candidatos a prefeito com registro indeferido com base na Lei da Ficha Limpa, 255 entraram na lista porque tiveram as contas de gestões anteriores rejeitadas.

Esse total inclui 96 políticos com contas rejeitadas pelos tribunais de contas e pelo Legislativo (38%) e 159 com contas rejeitadas só pelos tribunais de contas (62%).

Pelo entendimento do TSE, esses 159 políticos barrados devem ser considerados fichas limpas. Há duas semanas, o TSE já liberou a candidatura de Sandoval de Santana (PSB) a prefeito de Brejão (PE). Ele teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado, mas a decisão não foi ratificada na Câmara.

Juízes de primeira e segunda instâncias já haviam autorizado essa candidatura com base nesse argumento.

Ao analisar recurso contra o candidato, os ministros do TSE consolidaram o entendimento de que apenas o Legislativo tem poder para rejeitar as contas de um gestor.

A decisão pode servir de referência para o julgamento de processos semelhantes. O caso deve seguir ao Supremo Tribunal Federal, que dará a palavra final sobre o tema.

Até anteontem o TSE havia recebido 6.548 recursos de registros de candidaturas a vereador, prefeito e vice, sendo 2.985 relacionados à Ficha Limpa. O TSE já julgou 2.847 casos, dos quais 678 decisões envolvem a nova lei. Os resultados não foram divulgados.

"Esse [entendimento do TSE] é um duro golpe na aplicação da Ficha Limpa porque a maioria dos indeferimentos foi por causa de rejeição de contas pelos tribunais", disse o juiz Márlon Reis.

Para Ophir Cavalcante, presidente da OAB, a decisão decreta a falência dos tribunais de contas pois os deixa "reféns dos arranjos locais".

Desde 2010, quando a Ficha Limpa foi sancionada, a Procuradoria questiona decisões do TSE que liberaram políticos com contas rejeitadas pelos tribunais de contas.

A vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, considera equivocada a interpretação do TSE: "Todos nós sabemos que as decisões tomadas pelas Câmaras são políticas. Se o prefeito detiver a maioria [da Casa], jamais terá as contas desaprovadas".

Comentário: A lei da ficha-limpa, proposta pelo povo, aprovada pelo congresso e sancionada pelo então presidente Lula, se mostra cada vez mais frágil em suas propostas. Criada para impedir políticos com ficha suja de se candidatarem, parece que ela vem sido utilizada de acordo com a vontade deles. A permissão do TSE  de alguns políticos barrados pelo Tribunal de Contas de continuarem na corrida eleitoral demonstra o enfraquecimento da lei, como no caso de Sandoval de Santana (PSB), candidato a prefeito de Brejão (PE).

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/poder/1165279-tse-deve-liberar-um-terco-dos-candidatos-ficha-suja.shtml 07/10/2012-04h15


Lido 688 vezes   Comentários (0)
 
 
Campanhas eleitorais versus falsas promessas
Por Planetudo - segunda, 01 de outubro de 2012, às 23:42:02
Categoria: Charge

A Charge ilustra uma situação que, infelizmente, é muito comum durante a época de campanhas políticas no Brasil: os candidatos tanto prometem e nada fazem quando assumem seus mandatos.
Lido 704 vezes   Comentários (0)
 
 
  Próxima Página >>